7 de janeiro de 2014

72

Quem é você Alasca?

Oi amores, então, como prometido os posts aqui no blog vão ser cada vez mais frequentes. Estou programando todos eles para não ter erro ou eu esquecer de postar algum dia. 
Hoje o assunto vai ser o livro do John Green "Quem é Você Alasca?"

Eu confesso que o livro não me surpreendeu muito. Quando eu li "A Culpa é das Estrelas" eu não esperava tanto do livro e ele me surpreendeu bastante, com "Quem é Você Alasca?" foi exatamente ao contrário. Eu via as pessoas dizendo no Instagram que ele é o melhor livro do Green e acho que por isso coloquei expectativas demais. Eu não sei se ler o livro em um dia ajudou um pouco nisso, mas eu não senti a emoção dos personagens.  

A Alasca não me tocou tanto quanto a Hazel e o "Gordo" não me tocou nem de longe como o Augustus, mas parando com as comparações, vamos falar apenas de 'QEVA'! 
Eu acho que já falei aqui que as narrações em primeira pessoa me incomodavam um pouco, de uns tempos pra cá as narrações que eu mais estou gostando de ler é justamente em primeira pessoa para poder sentir a emoção dos personagens. É muito melhor aquela pessoa que passou por tudo te contar como realmente foi do que ter que ouvir aquela 'vizinha fofoqueira' né? 

O livro tem uma narrativa bem leve. Em diversos momentos eu nem senti que estava lendo e fui transportada para outro mundo, eu adoro quando isso acontece nos livros. Esse é o segundo livro que leio do John Green, não posso dizer pra vocês que não gostei, mas achei que alguns fatos ocorreram rápido demais, apesar do livro ter 225 páginas de história. Eu particularmente achei uma história muito corrida. Acho que o Green poderia ter colocado alguns fatos mais rápidos e outros mais explicados. 

O livro ganhou duas capas diferentes aqui no Brasil e a que eu comprei é a que tem a metade do rosto da "Alasca". O material da capa me chamou bastante atenção, posso dizer que foi uma das coisas que mais gostei nesse livro.

Resenha: "Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está tão cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rebelais, quando estava à beira da morte, chamou de o 'grande talvez'. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao 'grande talvez'". "Quem é você Alasca? narra de forma brilhante o impacto indelével que uma vida pode ter sobre a outra. Um livro incrível que marca a chegada de John Green como uma voz importante na ficção contemporânea."

Citações que eu marquei: "Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente" - Alasca Young.

"Quando os adultos dizem: 'Os adolescentes se acham invencíveis', com aquele sorriso malicioso e idiota estampado na cara, eles não sabem o quanto estão certos. Não devemos perder a esperança, pois jamais seremos irremediavelmente feridos. Pensamos que somos invencíveis porque realmente somos. Não nascemos, nem morremos. Como toda energia, nós simplesmente mudamos de forma, de tamanho e de manifestação. Os adultos se esquecem disso quando envelhecem. Ficam com medo de perder e fracassar. Mas essa é a parte que é maior que a soma das partes não tem começo e não tem fim, e portanto, não pode falhar. Eu sei que ela me perdoa, assim como eu a perdoo. As últimas palavras de Thomas Edison Foram: 'O outro lado é muito bonito.' Eu não sei onde fica o outro lado, mas acredito que seja em algum lugar e espero que seja bonito.  - Miles 'Gordo' Halter

Autor: John Green
Páginas: 288
Editora: WMF Martins Fontes 
Nota: 3/5 
ExplicaçãoNão foi um livro que eu me arrependi de ter lido, pelo contrário, eu adorei. O problema é que em minha opinião ele deixou a desejar em algumas partes e por isso dei essa nota.