17 de maio de 2014

6

Resenha: Will e Will



 Oi meninas... Nossa, agora eu entendi o significado da palavra "hiatus" já que o blog entrou em um super longo. Desculpem por não ter avisado, é que por mais que eu esteja estudando de manhã esse ano o tempo ta super curto. Enfim, eu li mais um livro do João Verde e vim falar do livro com vocês.
O que eu posso falar do livro? Ele é fantástico!
É difícil para um leitor classificar apenas um livro favorito, mas posso dizer que este ficou em primeiro lugar junto com As vantagens de ser invisível (resenha aqui).

O livro conta a história de dois meninos que aparentemente não tem nada haver, mas por alguma graça do destino receberam o mesmo nome WILL GRAYSON.
Um deles tem muitos amigos. Seu melhor amigo se chama Tiny Cooper, o garoto mais gay da escola. E é apaixonado por sua amiga chamada Jane.
O outro mora só com a mãe, é apaixonado por um garoto virtual, sua melhor amiga é Maura e precisa explicar sua orientação sexual a mãe.

Os personagens são mágicos, cada um com um jeitinho único de ver o mundo.
Quando eu comecei a ler esse livro confesso que estranhei por que cada capítulo do livro é contado por um Will diferente, mas com o tempo achei isso um máximo, afinal, podemos ver o ponto de vista dos dois protagonistas e como sou apaixonada por histórias em primeira pessoa...

Pra quem gosta de histórias leves o livro é ideal. Ele fala do cotidiano de adolescentes e te prende de uma forma que é impossível parar de ler, mas confesso que amei tanto que estendi um pouco o livro com medo que ele acabasse.

"Você gosta de alguém que não pode retribuir seu amor porque é possível sobreviver ao amor não correspondido de uma forma que é impossível no caso do amor correspondido."

"Se você não diz a coisa mais sincera, ás vezes, essa coisa nunca se torna realidade."

"Estar em um relacionamento, isso é algo que você escolhe. Ser amigo, isso é simplesmente algo que você é."

'Talvez haja alguma coisa que vocês tenham medo de dizer, ou alguém que vocês temam amar, ou algum lugar aonde tem medo de ir. vai doer. vai doer por que é importante."

Autor: John Green e David Levithan
Páginas: 348
Editora: Galera 
Nota: 5/5